Szijj, I. . (2019). Observações sobre a derivação parassintética no português e no espanhol. Studia Iberystyczne, 18, 525–536. https://doi.org/10.12797/SI.18.2019.18.36